Este homem que pensou
com uma pedra na mão
transformá-la num pão
transformá-la num beijo

Este homem que parou
no meio da sua vida
e se sentiu mais leve
que a sua própria sombra


é assim que gosto da poesia, tal como gosto da música e das mulheres
despida e sem adornos