Parece que documentos desclassificados recentemente mostram que a Mata-Hari não espiou nada e foi fuzilada por conveniência.
A vantagem de manter os segredos durante umas décadas, é que quando se descobre podemos dizer: “ah isso era dantes, agora é diferente.”

Project 112 primarily concerned the use of aerosols to disseminate biological and chemical agents that could produce “controlled temporary incapacitation” (CTI). The test program would be conducted on a large scale at “extracontinental test sites” in the Central and South Pacific[2] and Alaska in conjunction with Britain, Canada and Australia.

https://en.wikipedia.org/wiki/Unethical_human_experimentation_in_the_United_States

Daqui a 50 anos alguém vai dizer, sobre os dias de hoje: “ah isso era dantes, agora é diferente.”


 

Por causa do Nobel da Economia, durante dois os três dias vai falar-se um pouco sobre a pobreza e as suas causas.

Espantoso que se façam tantos estudos e nobeis para fingir que não sabem a razão da pobreza.
Não convém dizer que tem a ver com a distribuição da riqueza. Se não houver ricos, não há pobres.
Quem ganha um euro por mês é pobre, porque há quem ganhe milhares de milhões.

No Quénia os miúdos faltam muito por causa de infecções contraídas ao caminharem descalços em caminhos onde defecam crianças infectadas. Existe um tratamento que custa 49 cêntimos por ano, que reduz as infecções e as faltas às aulas.

Li hoje que sem as experiências destes economistas ninguém poderia adivinhar que os tais 49 cêntimos são mais importantes para o aproveitamento escolar que aumentar o número de professores por aluno.

Não acho que andem todos no reino da lua, porque sei perfeitamente que não andam.
Quem acha que a miséria humana só existe por impotência é que vive no reino da lua.


 

Já me prometi muitas vezes não falar nem pensar nestas tretas, mas é mais forte que eu.