0 thoughts on “ter os pés na terra”

  1. Também tem de se ter em conta o espaço de tempo em que ocorreu o que é noticiado, entre outras variáveis. (Os 800 mortos foi em que intervalo?))

    (Escrevo pior no telefone e isso não ajuda a explicar melhor. Com sol a dar no écran, piora.)

  2. ter os pés na terra é também lembrar que há mais factores que o número de mortos
    mas pegando nesse numero, li por aí que no mundo todo a gripe comum mata mais de 500 000 pessoas
    a maior parte durante o inverno, mas vamos dar desconto e pegando no numero minimo e dividindo de forma igual pelos meses todos, dá mais de 40 mil por mês, 1400 por dia
    ou seja a gripe comum mata muito mais por dia que esse tal de coronavirus desde que apareceu nas televisões

Comentário (nome, etc, é opcional)