Web Analytics

Pablo Neruda

almoçarecos

Dois amantes felizes não têm fim nem morte,
nascem e morrem tanta vez enquanto vivem,
são eternos como é a natureza

Posso escrever os versos mais tristes esta noite
..
e que estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.