Jul 17

Serenidade és minha

[zoomsounds_player source=”/wp-content/plugins/fwduvp/content/poesia/Raul de Carvalho – Serenidade és minha.mp3″ config=”tinta” artistname=”Raul de Carvalho” songname=”Vem serenidade (Mário Viegas)” play_target=”footer”]

Vem, serenidade!
Vem cobrir a longa
fadiga dos homens,
este antigo desejo de nunca ser feliz
a não ser pela dupla humidade das bocas.

Vem, serenidade!
faz com que os beijos cheguem à altura dos ombros
e com que os ombros subam à altura dos lábios,
faz com que os lábios cheguem à altura dos beijos.

0 thoughts on “Serenidade és minha”

Comentário (nome, etc, é opcional)