Sad Water

Naquele dia a morte instalou-o
confortavelmente no céu. Lá se foi
com seus modos humanos, seus caprichos
e um notório acanhamento em público
(há-de a princípio faltar-lhe à-vontade entre os anjos).

Zita Swoon
Sad Water
Zita Swoon Sad Water


2 Comentários

  • Anonymous

    vagueava pla net e encontrei este blog. os meus parabens, perdi-me e deixei tudo o k tinha p fazer… e foi tao bom!!!… vou voltar…

    • Luis

      treze anos depois vou a tempo de dizer obrigado? um bocado besta, eu.

Deixar uma resposta