Hoje quero a revolução dos corpos e das cores

Vou exercitar o silêncio. Fala-se demais.