tic tic tic lá vão os segundos depois os minutos e as horas, e o dia de repente passou

colados aos dias vão meses e anos a uma velocidade assustadora. para onde foram?

ainda aqui estou e já tenho que ir. pestanejo e é amanhã.

quero um tempo sem tempo. preciso urgentemente de alguma coisa que agarre o tempo.