O maluco é o cabrão dum preciosista…