Igualdade de género e de classes

Eu não estou mas a minha empregada está, ela abre a porta
Não lhe posso dizer, tem que falar com o gerente

Quando ouvi a primeira frase, lembrei-me do estranho que soaria ouvir ‘o meu empregado está, ele abre a porta’.
Só haverá igualdade de géneros quando deixar de ser estranho.

Mas existe uma outra desigualdade, de que é proibido falar, a de classes.
Que só deixará de existir quando for tão honrado fazer trabalho manual de limpeza como ser gerente de uma qualquer coisa.

De cada um segundo as suas capacidades. A cada um segundo as suas necessidades.

Estava eu aqui

no meio de pensamentos entre trabalho, obrigações e devaneios que tinham a ver com a necessidade ou não das memórias havendo imaginação, pus a tocar a nova playlist, e nesse meio tempo tocou isto

Verdade ou sinceridade?

Eu tenho uma espécie de dever,
de dever de sonhar,
de sonhar sempre,
pois sendo mais do que
uma espectadora de mim mesma,
eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.
E assim me construo a ouro e sedas,
em salas supostas, invento palco, cenário,
para viver o meu sonho
entre luzes brandas
e músicas invisíveis.

‘Estou farto das criticas hipócritas da esquerda contra o uso ‘inumano’ dum bulldozer para recolher o corpo dum terrorista que tentou matar israelitas.
Meus senhores, vocês não são humanos.’

‘Isto é o que deve ser feito, e isto é o que faremos.’

Naftali Bennett, Ministro da Defesa de Israel

quando tudo estiver dito
o que dizer, o que pensar?

Little Wings
Saturday
Little WingsSaturday

Temo o fim

Depois das fórmulas feitas
das palavras ditas

O que dizer?
O que pensar?

Elvis Costello
Still
Elvis CostelloStill