a ordem mundial unipolar

Dez pessoas são atiradas à água e estão a afogar-se. A multidão pega num, recolhe-o para um barco e dá-lhe agasalhos.

Alguém repara que os outros nove ainda estão dentro de água, dois já se afogaram, e grita ‘olhem aqueles que se estão a afogar’

E a multidão responde indignada, como te atreves a desculpar quem atirou para a água a pessoa que salvamos?

Lá porque há outros a morrer afogados, isso não justifica atirar para a água este pobre coitado que salvamos.

A multidão fica bem com a sua consciência, e poêm bandeirinhas para mostrar ao mundo que sofrem com a pessoa que salvaram.

Os outros nove morrem em silêncio.

Todas as vitimas merecem apoio

Traduzir-se

Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.

Genesis

No princípio criou Deus o céu e a terra. E disse Deus: Haja luz; e houve luz.
E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom.

E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher.
E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.

Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.

Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

O chato de vestir saias de folhos,
é que olho para mim e estou vestido de saias de folhos