Na Bolivia há gente que protesta e quer ter voz. Todos os dias abro as páginas dos meios de (des)informação ocidentais, e abrem logo com os protestos em Hong-Kong. Onde não se matam pessoas. Onde a polícia não dispara balas de fogo real. Sobre a Bolivia, zero. Silêncio.

Isto não é democracia. Isto não é um mundo decente. É um sistema feito pelos poderosos para se perpetuarem no poder.