Jan 7

Obrigado eu e sempre às ordens


Dezoito minutos deliciosos e muito bem passados.
Num dia frio e de chuva, e depois de ter que gramar com o flopetegui mais uma vez, isto esquenta-me o coração.

Uma entrevista sempre em crescendo.
Começa com algum estilo mas depois vai ganhando ritmo e as pérolas sucedem-se.
Fenomenal este Tino de Rans.

1 thought on “Obrigado eu e sempre às ordens”

Comentário (nome, etc, é opcional)