6 thoughts on “Obituário”

  1. Acudí à consulta da minha médica para teste e disse-me que era preciso averiguar se o finado era ou nâo asintomático quando eu tive contato com ele, para poder receitar-me um ou outro tratamento preventivo.

    Já é tarde para o saber, pois nâo, Luis?
    Depois do que ele diz aqui, é provabel que já nâo fale mais, nâo?
    Non entanto, se acaso ainda ele receber, de algum jeito, querer-ía monstrar-lhe minhas condolencias.

    É a causa, e o modo, de morte mais frequente desde que o homem abandoou as cavernas, acho. Nào, sei.
    Com o vide-19 ou com vinho, mais de 19.

    1. O desfalecido diz que procura oportunidades para comprovar que também o vid se cura com um bom vinho.
      Se bem que é coisa que não o preocupe muito que isso de curas é para males, e o defunto é mais de bens que de moléstias.

      É bom ouvir-te novamente companheiro

      grande abraço

Comentário (nome, etc, é opcional)