é somente para explicar o porquê do nome. Escrito na areia era uma crónica do Augusto Abelaira no Jornal, salvo erro. É simples, dura o tempo que dura o intervalo entre as ondas ou as marés. Efémero.