O ministro do Trabalho

e da Segurança Social assinalou a recuperação de 110 milhões de euros em dívidas em atraso da Segurança Social, um número que superou mesmo o que estava inscrito no Orçamento de Estado. Vieira da Silva quer manter o ritmo até ao final do ano.

tá-se. tá-se bem.


One Comment

  • Anonymous

    1111

Deixar uma resposta