Somos diferentes do que fomos e somos diferentes do que seremos.
Não sou como me vêem nem sou como me vejo.

Resta o quê?