Não ando em danças, montanhas russas ou saltos de para quedas

Acho mais graça á adrenalina que invento ou que me inventam.

Vir de fora para dentro é como tomar comprimidos.

Isso de chocalhar sabe a pouco.

O melhor de tudo é a transcendência de braço dado.