Livre de quê?


32 Comentários

  • A estranha

    Concordo, os olhares devem sempre de dizer a verdade!Beijos

  • Rio

    menino, estas-me a deixar nervosa por nao escreveres

  • Cerejinha

    Psiu!!!!Foste de férias e deixaste-nos a ver a tinta a secar?:-P

  • Tinta no Bolso

    acho que me zanguei comigo e amuei, ou zanguei-me com o mundo e amuei, ou então zanguei-me com o herman josé e amuei. não sei.também é possível que me ande a sentir ligeiramente esmagado com a inutilidade de todas as coisas e desapontado por não conseguir arranjar uma resposta decente para a pergunta do postmas claro que continuo por aqui a ver-vos. quando sentirem algo no ar, não se preocupem. sou eu a passar.cerejinha, obrigado pela distinção. a sério.

  • Tinta no Bolso

    ah, escusado será dizer que fiquei contente pelas palavras e pela preocupação…:-)

  • Cerejinha

    Se eu fosse a ti deixava-me de perguntas difíceis :-P. Começa por responder a umas mais fáceis e verás que na sequência surgem as respostas que não conseguias encontrar.

  • Tinta no Bolso

    Atrapalhar as evidências. Complicar o que é claro. É um talento danado. Às vezes. Outras vezes não.franky, percebi o jeitinho 😉

  • A estranha

    A liberdade tem coisas fo*****… São mais as vezes que nos deixa prostrados do que propriamente a mexer…Que algo ou alguém te apanhe rapidamente para que possas voltar a ter a prisão de escrever…Beijos

  • jessica vega

    o teu olhar deve dizer …sempre dizer …apenas dizer dizer

  • Vanessa

    ainda se respira por aqui… ? ai que já sinto falta de vir para aqui mandar bitaites! :p *

  • angela

    liberdade para desapareceres assim é que não…:'(esse «loneliness» é teu?

  • Tinta no Bolso

    foios blogs só são enquanto tiverem novidades. depois deixam de existirps. não desapareci. apenas me noto menos 😉

  • Cerejinha

    Psiu!Deixa lá a Zaratrusta em paz e vem aqui para perto de nós…:-)

  • matilde

    Adoraria poder dizer, sim, faz todo o sentido, mais agora. Mas não, ao procurar responder a quem foi zararustra, a “tua” frase apareceu em milhares de lugares, dizendo em uníssono, porquê?

  • *

    tem-se saudades tuas, por aqui. mas vejo-te

  • Tinta no Bolso

    a sensação de andar às voltas sem sair do sitiocastiços/as, desculpem lá algum cuspozito…:)

  • Rio

    e pronto, fez ontem um mes que nao escreves aqui. I’m getting really depressed.(se eu te pagar os canecos prometidos no principio, voltas a escrever? *:)

  • Rio

    nao sei… tu é que sugeriste isso em tempos =P logo, acredito que funcione minimamente 😉

Deixar uma resposta