Lembra-me de sonhar o amor

de inventar cidades

no elevador lá do prédio tenho o número da assistência da Otis.

e dos sonhos, quem trata da assistência aos sonhos?

18 comments on “Lembra-me de sonhar o amor

  • Cerejinha says:

    “Sonhos de Algod�o Doce, S.A – Assist�ncia Permanente a Sonhadores”Travessa da Alegria, n�73333-333 Imagina�oaps@sonhosdealgodaodoce.com:-)

  • pizza. algodão doce, já me estão a fazer fome :-)quero lá saber da otis. dá cá o queijinho e o branco seco. bem fresco.

  • Os sonhos nunca disso passam. Dependendo da ambição de cada um há-os materializáveis, mas… O que é do sonho se se torna realidade?

  • Cerejinha says:

    queijinho arranja-se. quanto ao branco deixa cá ver o que tenho na garrafeira… DSF Sauvignon Blanc Late Harvest 2004 (José Maria da Fonseca)Quinta do Carmo Branco, 2003

  • Just me says:

    “Eles não sabem, nem sonham,que o sonho comanda a vida,que sempre que um homem sonhao mundo pula e avançacomo bola coloridaentre as mãos de uma criança”.António Gedeão, PEDRA FILOSOFALTalvez este senhor saiba quem trate da assistência aos sonhos!:)

  • Joana says:

    I was depressed last night so I called Lifeline.Got a call center in Pakistan .I told them I was suicidal.They got all excited and asked if I could drive a truck.

  • angela says:

    os sonhos não precisam de assistência. 🙂 eles não param em nenhum andar, nem encravam, nem ficam às escuras. além disso, são enormes, grandes, luminosos e nunca se sentiriam bem dentro de caixas fechadas presas por cabos e com botões. 🙂

  • Vanessa says:

    oh! este está muito bom! LOL! e depois quero saber para onde é que tenho de ligar! ai quero, quero! :)beijinho*

  • * says:

    tenho ideia que como o serviço é muito variado, não se faz publicidade. é pena.

  • 0.03 says:

    “vou deixar a rua me levare ver essa cidade se acender”gostei muito deste blog.Tinta no bolso da camisa, das calças, ou do casaco?:)

  • franksy(amente)! tem dias … tem dias …verdades, o sonho é algodão (doce), a realidade uma bocacerejinha, continuas a levar-me por maus caminhos 🙂 quer dizer que só é preciso mais um canivete e um saca-rolhas.andreia, gostava de o ver! deixa-o num banco qualquer, eu passo para o apnharjust, tens razão os putos/homens brincalhões são porreiros para assistência aos sonhos. em compensação não os deixava mexer no meu elevador :-)Joanaangela, tenho um pequenino guardado no bolso das calças. de vez em quando ponho a não no bolso para lhe tocar. outras vezes tiro-o para fora e fico ali a olhar para ele.vanessa, o número está lá em cima, ainda não ligaste? eles estão à tua espera!!!jessica, um homem e uma mulher. encontram-se num fim de dia esvaziados de tudo. é inevitável.*, hmmm quer-me parecer que tu sabes! ;-)0.03, obrigado. da camisa nunca. gosto do tronco nu.

Comentário (nome, etc, é opcional)