14 thoughts on “Há um fogo imenso”

  1. cerejinha, sei que estavam apetitosas mas preferi guardá-las como recordaçãofipa, argumentos? o tribunal de contas recentemente tem-se orientado por factores de ordem politica, acho que só este é um argumento de monta! ;)vanessa, um sorriso?

  2. tens daquela linguagem na qual se fica em silêncio, se fecha os olhos, se sente devagar. não há a dizer e não faz falta. espero que saibas, que não sintas a falta do que poderia ser dito.

      1. Maria Papoila

        Estou num intervalo, com calma e serenidade. Mas lá no fundo, sinto a presença constante do fogo. Que me faz sentir viva na realidade. Ou então foi da sangria de maracujá que bebi há pouco.
        Gosto de cá vir.

Comentário (nome, etc, é opcional)