No outro dia fui à Tabacaria, e pedi à menina do balcão: ‘Quero o Sol’. Ela respondeu-me: ‘Também eu.’

Hoje no café, pedi à empregada um bom bocado. Nunca mais lá volto.