há quem tenha vento a correr nas veias
e a sombra dum planeta sobre o corpo