Há algo de essencialmente errado

com as manhãs que nos recebem assim nas suas grutas frias

ou talvez estejam só tristes

5 comments on “Há algo de essencialmente errado

  • Vanessa says:

    LOL! Ia eu dizer que alguém ontem me disse que o nevoeiro é aconchegante. (Esse alguém foste tu Andreia… :p) Mas eu também partilho da ideia que manhãs assim devem ser tristes… não sei. Ou então sou eu que as vejo tristes! Questão de perspectiva, talvez… :)*

  • como dizia o outroNas nossas ruas, ao anoitecer,Há tal soturnidade, há tal melancolia,Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresiaDespertam-me um desejo absurdo de sofrer

  • L.S.A. says:

    Manhãs submersas…!
    Dias submersos…!
    Há quem goste, há quem não goste!

    O nevoeiro dá-nos outra dimensão do lugar onde estamos e do que vemos.

Comentário (nome, etc, é opcional)