1 thought on “Eu bem tento ter um coração puro como o Ronaldo”

  1. Quem por acaso leia isto, pode dar-me uma ajuda?

    Sou só eu a achar que o spread-it é um falo e que não ajuda ela acabar a dizer que “pode apertar, exercer pressão, e a quantidade de produto que irá sair é proporcional à pressão exercida pelo consumidor”?

    É que das duas uma
    Ou sou um depravado
    Ou o cavaco quando acabou a sessão disse: Maria, chega-te aqui atrás das cortinas que quero experimentar o spread-it.

Comentário (nome, etc, é opcional)