Estava eu aqui

no meio de pensamentos entre trabalho, obrigações e devaneios que tinham a ver com a necessidade ou não das memórias havendo imaginação, pus a tocar a nova playlist, e nesse meio tempo tocou isto

/verdade-ou-sinceridade

Eu tenho uma espécie de dever,
de dever de sonhar,
de sonhar sempre,
pois sendo mais do que
uma espectadora de mim mesma,
eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.
E assim me construo a ouro e sedas,
em salas supostas, invento palco, cenário,
para viver o meu sonho
entre luzes brandas
e músicas invisíveis.

0 comments on “Estava eu aqui

  • Isabel Pires says:

    Ia perguntar o que entendes por verdade e por sinceridade, que diferenças estabeleces, mas depois reparei que já tinhas dito no post para o qual este remete…

    Os sonhos ajudam a baralhar e dar de novo, e eu acho que não é nada bom estagnar.

Comentário (nome, etc, é opcional)