14 thoughts on “Esta é para mim”

  1. Nem sempre é assim, por vezes batem-te e depois prendem-te, outras vezes prendem-te e só depois te batem.

    No caso da da GNR de Sacavém, prendem-te e depois arrancam-te a cabeça.

Leave a Reply to r Cancel reply