E no dia em que se sabe que cada trabalhador português vai dar mais mil euros a um banco, foi giro ouvira Catarina Martins, dizer que não tem que dar aval nenhum nem tem que dar, e que espera que lhe digam o que se passa.

E chega-se à conclusão que o bloco de esquerda aqui há uns meses votou no PS tal como o Zé Manel da esquina e conta tanto como o Zé Manel.