Grita-me. Ama-me. Amo-te. No chão. No espaço. Abusa-me. Faz-me trapo. Atira-me sem pudor nem freio. Goza! Fode! Grita!
E depois sussurra-me ao ouvido o inconfessável.