Mar 29

Diário

O giro de ter um blogue, é o registo para memória futura.

Tenho andado estes dias em modo saudosista, e dei com uma descompreensão relativamente recente, de que não lembro de todo. Como é que naquele dia compreendi tudo tão bem? Só é pena aquela música do Jens Lekman que me baralha por completo o espírito.

https://tintanobolso.escritas.org/descompreender

2 thoughts on “Diário”

  1. Há pouco tempo descobri que a minha praia é mais um repositório de memórias do que eu supunha. E com o tempo tornou-se mais isso. Talvez seja uma tendência comum a muitos.

    Por causa de uma selecção de textos, andei a dar uma volta por ela, pela praia, e também descobri que me lembro com grande detalhe das circunstâncias em que escrevi cada texto, como o sítio em que escrevi, o estado do tempo desse dia, as situações, os exercícios de “encriptação”.

    1. Isso é obra, consigo fazer isso para algumas, mas não muitas.
      E mesmo a frequência que varia por questões pessoais, profissionais, inspiracionais e outros ais, nem isso consigo relacionar.

Comentário (nome, etc, é opcional)