quando parei o carro à porta do trabalho, bateu-me um sol no peito. Senti o calor no corpo e começou a tocar no rádio o nasce selvagem ao vivo no armazém 22. Nesse momento fui feliz.