2 thoughts on “Convenção de genebra ou geneva ou geneve”

  1. Se a declaração universal dos direitos humanos for respeitada, há direito a sorrir, a chorar, a estar melancólico, alegre, triste… há espaço para viver diferentes estados de alma. O direito à vida e à liberdade, também passam por essa aceitação.

    Formalmente é assim.
    (Como se sabe, as convenções, declarações e outros normativos, apenas são uma parte, e só podem fazer uma parte, a da formalidade.
    O resto, o mais importante, é connosco, com todos. Precisamos de respeitar mais o ‘ritmo respiratório’ uns dos outros, também no que toca às emoções.

    O sorriso e a alegria são melhor aceites do que a tristeza. E direito ao choro e à tristeza? Fala-se menos, não é?

Comentário (nome, etc, é opcional)