amor

Por causa de um beijo. E quantos beijos há?

O beijo que se deu. o beijo que se lembra. O beijo que se deseja. O beijo que não se devia. O beijo negado. O beijo roubado. O beijo imaginado. O beijo molhado.

O beijo que acorda, o beijo que adormece, o beijo que enlouquece.

O beijo mata. Mas mata de quê? De raiva, de amor, de luxúria, de desespero, de sofrimento?

O beijo é tudo isto e mata de todas as formas.