Músicas

Sibylle Baier
The end
Sibylle BaierThe end

Em 1970 uma mulher gravou em casa algumas músicas.
35 anos depois o filho resolveu pegar nessas fitas para oferecer um disco aos amigos e familia. Esse disco acabou editado.

É isto.

Uma música minha

Quando era puto tinha uma rotina de verão.

Em tróia até entardecer no ferry de volta para setúbal.

Subir a ladeira das fontainhas de costas ou à corrida.

Chegar a casa, beber do pacote de leite do frigorífico.

Tomar duche e ir para os claustros do convento, onde todos os anos havia um ciclo de cinema, aproveitando a bancada do festival de teatro.

Num desses dias enquanto bebia o leite ao pôr do sol, passou na rádio uma coisa linda, a primeira vez que ouvi o Jan Garbarek.

Num desses dias, no intervalo do filme, tocou esta música.

Keith Jarret, Jan Garbarek
My song
Keith Jarret, Jan GarbarekMy song

Fiquei maravilhado. Parecia que falavam, o piano e o saxofone.

Foi dificil descobrir que musica era, nos tempos pré-soundhound. Corri as discotecas (casas que vendiam discos) todas.
À e tal é uma música com um piano e saxofone à conversa. E descobri.

Distanciamento social

primeiro e último comentário de alguma forma relacionado com o assunto do dia

e deu jeito para expressar o meu apreço pelos ena pá 2000 em geral, e por esta canção em particular
e agora na versão funil, é mesmo funinalmente

quando tudo estiver dito
o que dizer, o que pensar?

Little Wings
Saturday
Little WingsSaturday

Temo o fim

Depois das fórmulas feitas
das palavras ditas

O que dizer?
O que pensar?

Elvis Costello
Still
Elvis CostelloStill