Cambridge Analytica e o Facebook

Desta polémica toda o mais importante é o que tem sido menos falado. A questão da privacidade do facebook, são “piners”.
Que diz o gajo da Cambridge Analytica?
Que ganhar eleições não tem a ver com factos e sim com emoções.
Que o que move as pessoas é a esperança e o medo.

Para conseguir que as pessoas vão em certa direcção é trabalhar estas emoções, mesmo que inconscientes.
Quantas coisas fazemos, dando a explicação que “nos apetece”, ou porque “queremos”?
Na verdade está algo mais por trás. E estes senhores são especialistas nisto, no que que muitos chamariam manipulação.

Eu tento estar de pé atrás e não me deixar manipular. Apesar de achar que não ganho nada com isso, antes pelo contrário.


4 Comentários

  • Inconfessável

    Tentar não se deixar manipular, é a frase importante.

    • Luis

      Tendo a noção que é David contra Golias

  • mónica

    é estudar um bocadinho de PNL quem fez formação de formadores sabe o q isso é ahahahaahh, um cheirinho

    • Luis

      Desde puto que o 1984 não me assusta nem me preocupa muito. Onde há repressão, há revolta e não dura.

      Mas tenho terror e nojo deste Admirável Mundo Novo.

Responder a mónica Cancelar resposta