27 thoughts on “Camadas”

  1. espero que saibas que não seres comentado não tem rigorosamente nada a ver com o quanto fazes sentir. às vezes simplesmente não há palavras que continuem. começas e acabas.

  2. nunca olhaste para uma coisa num dia com amor noutro dia com raiva?nem a pele escapa a essa mudança. o que por um lado é bom (nos dias de amor) por outro lado é mau (nos dias de raiva)só é preciso que os dias de raiva se percam no meio dos dias de amor 😉

  3. mas a mudança não está em nós? na forma como o nosso sentir, de momento, ‘olha’?verdade que a pele enruga, envelhece, acumula os sofrimentos do tempo…mas, dentro de nós, há cada mudança…:)

  4. jessica, a pele é tudo o que nos cobre e descobre…musalia, por fora somos forçados, pelas evidências, a reconhecer que mudamospor dentro somos forçados, pelas evidências, a reconhecer que não mudamospor muito que nos custe, no essencial mudamos mais por fora do que por dentro

    1. sabes, odeio mas odeio mesmo, a merda da posse, do é meu
      sonho com coisas inexistentes onde não há nada disso

      um dia ‘encontrei’ quem disse isso bem

          1. ora, e isso importa ? 🙂
            olha a tua ultima foto, são cabelos para pentear

            (fui aos feeds entretanto, ultima passa a penúltima :))

Comentário (nome, etc, é opcional)