Os aforismos são uma coisa lixada. É como equilibrar um leão na ponta de um alfinete.

Em vez de alfinete, teria escrito pionés ou pionais, se soubesse como se escreve.
Por causa das coisas, a partir de agora só uso agrafos.