0 thoughts on “a enzima e a dízima”

  1. Costumo pensar na seguinte variante “faz-me sentir bem ou não / interessa-me ou não…”
    Se a resposta for positiva, prossigo. Quando tenho muitas dúvidas ou os dois lados estão equilibrados, a tendência é para prosseguir até estar mais segura do que quero.
    Mas largo logo quando não me faz sentir bem.

    1. faz parte das escolhas que estamos continuamente a fazer, às vezes até sem dar por isso
      do aumentar gosto, do que faz com que amanhã seja capaz de ver o que hoje não vejo
      isso resulta também das escolhas que faço hoje

Comentário (nome, etc, é opcional)