Não temos culpa da cara,
mas para o cabelo não há desculpa.

5 Comentários

  • Luis Rodrigues

    Isso é que é grave. É que se fossem acidentes, tipo: 'olha como acordei com o cabelo', até compreendia.

  • Uma Rapariga Simples

    Aposto que eles foram modelos em concursos de aprendizes de cabeleireiro. É por estas e por outras que eu detesto cortar o cabelo e não ponho os pés em salões da especialidade.

  • Luis Rodrigues

    Eu acho que eles gostam daquilo…

    Salão da especialidade é uma expressão interessante 🙂

  • Uma Rapariga Simples

    Sou um manancial de ditos interessantes, saem-me sem que os possa impedir. E modéstia também. Aos molhos, como o alecrim.

Deixar uma resposta