pedi ao pai natal um futuro que já veio, mas o gajo diz que não pode ser

 

 

 


13 Comentários

  • Uma Rapariga Simples

    Um vez disseram-me que o futuro não existia, tinha de ser vivido todo no presente. O problema é que o presente já é passado.

  • Luis Rodrigues

    as minhas ganas são do que não existe, mas tenho que as dizer com letras que estão agarradas ao chão

  • Uma Rapariga Simples

    Deviam-se inventar novas palavras, para dizer o que não há como dizer com as que existem.

  • Luis Rodrigues

    Já existem, mas não se podem escrever nas teclas de um computador

  • Luis Rodrigues

    era capaz de não lhe tocar até secar

    há um ditado qualquer do género que é preciso parar para recomeçar

    só que recomeçar, normalmente quer dizer começar do principio onde já se esteve, ou continuar do ponto onde se estava

    preferia parar e recomeçar doutro sitio qualquer

  • Uma Rapariga Simples

    Tem de haver sempre um ponto de restauro, sob pena de a tábua ficar demasiado rasa e não haver qualquer resquício de aprendizagem.

    Experimenta dar um passo ao lado, ou dois ou três. parecer-te-á que estás no mesmo sítio, mas não estás, há qualquer coisa que perdes e qualquer coisa que ganhas, porque o campo de visão mudou.

  • Luis Rodrigues

    o bicho homem não tem restauro, e se der um passo ao lado não estou no mesmo sitio 🙂

Deixar uma resposta