Eu? Finjo que faço como os outros que fingem que fazem como os outros e que não sei o que fazem. É tão difícil assim haver um porto?


4 Comentários

  • L.S.A.

    Tudo se finge, leva-se a vida inteira a fingir, será que se disséssemos a verdade tudo a nossa volta se manteria “calmo”?

  • Luis

    Acho que fingimos porque nos exigem o fingimento. Ou antes esperam de nós o fingimento. E nós a bem da normalidade e da paz, acedemos.

    Quando se está numa camioneta por exemplo, espera-se que uma pessoa entra por determinado sitio, se sente na cadeira normalmente, e se comporte adequadamente.

    Se entrar pela janela, me deitar na cadeira e cantar, e toda a gente se comportar assim de forma inesperada, seria a revolução social 🙂

Responder a L.S.A. Cancelar resposta