os mesmos drones que matam gente invisível
na terra distante do afeganistão

vejo-os no ar a dançar
feitos drones enamorados ao som de música que não se vê

este é o meu mundo, e não quero mais nenhum