Sou galego, sou grego
de português pode morrer tudo menos a poesia e o mar