Que faria eu, senhor!

Uma palavra

Para conquistar as tormentas seria capaz de muito, até de sofrer.
Mas para me perder nos teus lábios, que faria eu, senhor!

Cruzar oceanos, caminhar montes e vales, derrubar as árvores mais fortes. Tudo seria pouco.
Qualquer proeza é mesquinha face à luz que ferve nos teus olhos.

Meu deus, faz-me uma montanha tão alta que lhe alcance o coração