Em tempos escrevia em guardanapos e sacas de batatas
escrevia por uma esperança vaga
hoje é-me difícil escrever numa terra sem papéis e canetas
em redes sem rede, no mar alto em que nos afogamos
alegremente em conjunto

Comentário (nome, etc, é opcional)