6 thoughts on “”

    1. estava a ler uma entrevista de alguém que andava a fazer fotografia estenopeica, que dizia que chegava a demorar uma ou duas horas para fazer uma fotografia

      e pus-me a pensar que ao longo do tempo cada vez tiro fotografias mais rápidas

      “Era melhor teres vindo à mesma hora – disse a raposa. – Por exemplo, se vieres às quatro horas, às três, já eu começo a estar feliz. ”

      a pressa de saltar para o momento fulcral, empobrece o momento e o fora do momento

  1. Isabel Pires

    Nesse aspecto não noto em mim diferenças a assinalar, entre o fotografar com as novas máquinas e com as antigas. Até me esqueço que posso fazer muitas provas sem que isso me traga custos.
    Demoro ‘bastante’ tempo; gosto de saborear a preparação.

    1. Provas, estás a falar de tirar fotos de ensaio, não é?
      Fizeste-me lembrar as provas de contacto 🙂 Que mandar imprimir logo todas era um luxo caro

Comentário (nome, etc, é opcional)