o pensamento que foge,
foge ainda mais empurrado pelos que chegam

fugiu

foge fugiu, o mundo, os países, as sociedades são como as línguas, acontecem
e acontecem da forma mais ilógica possível

e no entanto ainda se acredita nos “governos” que regulam e decidem racionalmente pelo bem de todos
e há quem acredite em bruxas, e há quem acredite nos astros, e há quem acredite em primeiros ministros e presidentes

só acredito no inacreditável
e tenho um carinho especial pelas minhas contradições
delas nasce muito do que gosto

2 comments on “

    • Luis says:

      há uma musica (da bethania?) que diz coisas do género

      gosto de A porque é doce, gosto de B porque é amargo, gosto de X porque é alegre, de Y porque é triste

      há tempos andei à procura e não a encontrei com pena minha

Leave a Reply to Luis Cancel reply