quantas mais opções melhor

implica não ter muita confiança nas opções que se tem para escolher

Mais tempo para decidir entre usar escolhas ou opções do que a escrever

Depois foi tão difícil escolher entre gastar tempo ou estar ou usar ou os raios que o parta que decidi saber o que já sei, que não sei nem percebo e talvez seja tudo uma grande parvoíce. Ficamos assim. Viva a parvoíce, morram ou os ajuizados.

Ou não.

Talvez.

É uma questão de escolher.

Ou optar.

Posso escolher as escolhas?

Tenho a mais. Daí a parvoíce.