Sobre o chão descalço,
construo mundos que destruo na minha cabeça