Viciado

Gosto dos meus vícios. Preciso deles. Tenho-lhes afeição.
Sabem o que há entre um homem e o seu vício? Nada.
Dormimos com ele. Vivemos com ele. Respiramos com ele. Faz parte da pele. Faz parte de nós.
Não nos larga. Nunca. Senão não era um vício.
Qual é o meu vício? Fica para outra altura. Outro cigarro. Outro blog. Outra vida.

Não fumo.


8 Comentários

  • saras_saras

    Um homem sem vícios… Não tem interesse nenhum.

  • denise

    Tb naun fumo.
    Odeio Blogs!
    Grande blog o seu…

  • Infinita

    sem dúvida, dos melhores blogs que encontrei nos últimos tempos!Parabéns.
    Curto, simples, condensado mas tão profundo e extenso…Simplesmente genial.

  • Daniela

    Ando cá sempre em busca de novos posts, eu sou uma viciada nisto 🙂 E em outras coisas, todos temos vícios, que nos tornam únicos no Mundo.

  • Anonymous

    fumo todos os dias…

  • bemsalgado

    Nâo fumes, nâo é vicio: nâo é coisa boa.

  • bemsalgado

    E um viciado, sem vicios, ser-a que fica esvaziado, pergúnto-me, Luís.

    E mira que gosto de fumados.
    De mim ja nâo gostaram os bichinhos que gostem de fumados.
    Fume serei eu, também nunca fui outra coisa.

    Quero-vos.

Deixe um comentário